2ª Igreja Presbiteriana completa 7 anos em Patos

Escrito por .::Boas Novas PB::. em .Postado em 2ª Igreja Presbiteriana, Denominações, Notícias

Localizada no conjunto Bivar Olinto, zona Oeste de Patos, a 2ª Igreja Presbiteriana do Brasil comemora neste final de semana, o seu sétimo aniversário de existência na cidade de Patos.

O tema este ano, foi O Mundo Clama Por Missões e estará sendo comemorado até amanhã, 02/11, quando haverá o encerramento da programação festiva.

O culto teve a direção do pastor Rivaldo Gomes, com a realização de um momento marcante. Durante o culto, tivemos várias apresentações, incluindo os departamentos infantil e adulto, com temáticas alusivas a festa.

Segundo o pastor Rivaldo, o propósito da festa é despertar a igreja para sua responsabilidade nos dias atuais, pois temos que assumir o nosso papel no equilíbrio da vida social das pessoas.

HISTÓRIA:

A 2ª Igreja Presbiteriana do Brasil começou como uma congregação organizada no ano de 2004, através do presbitério da Primeira Igreja Presbiteriana do Brasil, situada a Rua Irineu Jofily, no bairro Santo Antônio.

Os primeiros três anos foram na condição de Congregação, onde tivemos o apoio da denominação até o momento da emancipação.

Em 2007, a igreja foi oficialmente inaugurada no mês de outubro, saindo da sua condição inicial de Congregação e já tendo a frente o pastor Rivaldo Gomes.

Com o desmembramento, a congregação do Sítio Grossos, município de Santa Terezinha, e responsável pela chega dos primeiros missionários em nossa cidade foi repassada da primeira para a segunda Igreja Presbiteriana.

Depois disso, surgiram as congregações de Filadélfia, em santa Terezinha-PE; Desterro-PB; e do bairro Liberdade em Patos, além de um Núcleo no bairro salgadinho, onde futuramente estará sendo organizada uma congregação.

O atual conselho administrativo da igreja é composto pelo pastor Rivaldo Gomes de Andrade, e pelo pastor Eudo Gomes como seu auxiliar direto, além dos presbíteros Antônio Eliseu, Wellington Onias Alves, Marcos Dias, Alves Júnior e Vilmar Lima.