Sexta-feira 13. Medo desnecessário, por que Jesus é maior

Escrito por .::Boas Novas PB::. em .Postado em Brasil

A sexta-feira 13 é um dos dias em que se concentram grande quantidade de superstições. Para alguns é dia de sorte, para outros, de azar. Porém, para o Cristão, que conhece a Palavra do Senhor, a sexta-feira 13 é dia de bênção, pois a Bíblia diz que sobre a nossa tenda, não vale encantamento e que Deus transforma maldição em bênção, não tendo o Cristão, motivo para temer.

O cristão não pode ser supersticioso, simplesmente porque ele não acredita em rezas, maldições, feitiços ou qualquer coisa que possa influenciar o curso da vida. A pessoa que vive baseada em superstições leva uma vida pautada no medo do desconhecido e na ignorância daquilo que, de fato, não é verídico.

O pastor da Assembleia de Deus, Moisés Silvestre, afirmou que a Palavra do Senhor se renova a cada manhã e que a Palavra é lâmpada para os meus pés e luz para os meus caminhos. “Eu tenho que andar, não em cima de superstições, mas devo andar sobre a Palavra de Deus, crendo que o Senhor é comigo e com ele eu não tenho que temer”, declarou.

A Bíblia diz em Deuteronômio 18. 10-13 que entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti. Perfeito serás, como o Senhor teu Deus.

O pastor concluiu dando uma palavra de fé e força aos irmãos.”Que você tenha uma sexta-feira 13 cheia de bênçãos e que você possa entender que sobre a sua vida está à benção do Senhor e é ela que faz diferença no nosso caminhar”, completou.

deus é infinito em graça e bondade para quem crê no seu nome e pretica seus ensinamentos. Por isso, não temeremos gato preto, vela de qualquer cor, ou o pisar com o pé direito ou esquerdo, por que Deus nos fez para o louvor da sua glória.

comunhão.com.br

Como receber o perdão de Deus?

Escrito por .::Boas Novas PB::. em .Postado em Brasil

A palavra “perdão” significa limpar a conta, perdoar ou cancelar a dívida. Quando ofendemos alguém, buscamos seu perdão para que o relacionamento seja restaurado. Perdão não é dado porque alguém merece ser perdoado. Ninguém merece ser perdoado.

Perdão é um ato de amor, misericórdia e graça. Perdão é uma decisão de não manter algo contra outra pessoa, apesar do que tenha lhe feito.

A Bíblia nos diz que todos nós precisamos do perdão de Deus. Todos nós temos cometido pecado. Eclesiastes 7:20 proclama: “Não há homem justo sobre a face da terra que faça o bem e que não peque.” 1 João 1:8 diz: “Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós.” No final das contas todo pecado é contra Deus (Salmos 51:4). Por isso, precisamos desesperadamente do perdão de Deus. Se nossos pecados não forem perdoados, passaremos a eternidade sofrendo as conseqüências de nossos pecados (Mateus 25:46; João 3:36).

O único castigo justo pelos nossos pecados é a morte. A primeira parte de Romanos 6:23 declara: “Porque o salário do pecado é a morte…” Morte eterna é o salário que merecemos por nossos pecados. Deus, em Seu plano perfeito, tornou-se um ser humano — Jesus Cristo (João 1:1,14).

Jesus morreu na cruz, pagando o preço que nós merecíamos pagar— morte. 2 Coríntios 5:21 nos ensina que: “Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.” Jesus morreu na cruz, levando sobre si o castigo que nós merecemos! Sendo Deus, a morte de Jesus providenciou perdão pelos pecados do mundo inteiro. 1 João 2:2 proclama: “E Ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro.” Jesus ressuscitou dos mortos, proclamando Sua vitória sobre o pecado e a morte (1 Coríntios 15:1-28). Graças a Deus pela morte e ressurreição de Jesus Cristo. A segunda parte de Romanos 6:23 também é verdade: “…mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.”

Você quer ter seus pecados perdoados? Você tem sentido o peso da culpa que simplesmente não desaparece? Perdão de seus pecados é disponível a você se apenas colocar sua fé em Jesus Cristo como seu Salvador. Efésios 1:7 diz: “No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça.”

Jesus pagou nossa dívida por nós para que pudéssemos ser perdoados — e Ele te perdoará! João 3:16-17 contém esta maravilhosa mensagem: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porquanto Deus enviou o Seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele.”

 Gotquestions.org

Senadores defendem Pr.Silas Malafaia do movimento gay

Escrito por .::Boas Novas PB::. em .Postado em Brasil

Os senadores Magno Malta e Lindbergh Farias saíram em defesa do pastor Silas Malafaia em plenário nesta terça-feira (03). Boa parte do pronunciamento de Malta na tribuna do senado foi dedicada ao que chamou de “campanha contra o pastor Silas Malafaia”, que vem sendo perseguido pela militância gay.

O pastor está sendo processado por se manifestar contra os organizadores da 15ª Parada do Orgulho Gay de São Paulo, que levaram figuras de santos católicos em posições sensuais para a Avenida Paulista, em junho de 2011, ridicularizando símbolos da igreja.

Em seu programa de TV, Malafaia teria aconselhado os católicos a tomarem providências com rigor, utilizando as expressões “baixar o porrete” e “entrar de pau” nos participantes e organizadores, termo popularmente utilizado com a conotação de “tomar medidas enérgicas” e “se posicionar com firmeza”, mas que foi propositalmente distorcido de seu contexto para tentar incriminá-lo.

Verdadegospel.org.br

Feliciano apresenta projeto que impede demissão de grávidas

Escrito por .::Boas Novas PB::. em .Postado em Brasil

O Pastor Marco Feliciano, apresentou na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei de Nº1148-2011, que veda a dispensa sem justa causa do trabalhador, cuja companheira ou cônjuge estiver grávida, desde a comprovação da gravidez até 3 (três) meses após o parto.

O Projeto visa evitar o dissabor de a gestante vir a ter problemas de saúde, decorrente da noticia da dispensa de seu companheiro, durante a gravidez. Tal Projeto na verdade, visa estabelecer um maior entrosamento entre os trabalhadores e seus empregadores, e dar estabilidade financeira para prover a família de seu conforto material num momento tão especial.

Esse Projeto é fruto de uma análise comparativa com outros semelhantes não aprovados, por terem caráter paternalista que foi reformulado agora neste Projeto, para atender de forma justa todos os pólos da relação trabalhista. Então entenderás a justiça o juízo, a equidade a todos os bons caminhos. Pv 2-9

 Verdadegospel.org.br